loading...

OS MELHORES AVÓS DO MUNDO

Há duas épocas da vida,infância e velhice,em que a felicidadeestá numa caixa de bombons.”
– Carlos Drummond de Andrade
Os melhores avós do mundo nem sempre moram perto dos seus netos, mas diariamente, ao fim da tarde ou à noitinha, encurtam a distância através de um telefonema (na esperança de ouvirem uma ou outra traquinice à qual nunca teriam achado graça nos filhos no tempo em que eles eram crianças).
Os melhores avós do mundo nem sempre podem comprar todos os brinquedos que aparecem nos anúncios de televisão – à medida que ouvem expressões de entusiasmo como “Compra! Compra! Compra!” – mas não há noite em que não sonhem com a quantidade de surpresas que fariam aos netos se lhes saísse o euro milhões.

Os melhores avós do mundo nem sempre se preocupam com a alimentação saudável dos netos. Às vezes a avó prepara uma sopa ou uma salada deliciosa (frequentemente a pedido da mãe), mas há alturas em que enche os netos de doces e mais doces porque “tu quando eras criança também gostavas” e porque dá gosto ver o sorriso lambuzado da criança (mesmo que com cáries nos dentes).

Os melhores avós do mundo nem sempre têm vontade de sorrir. Às vezes, como a toda a gente, apetece-lhes correr as cortinas e enfiar a cabeça na almofada para ali se demorarem, mas o amor que sentem pelos netos e a ideia da falta que lhes fazem quando se entregam à tristeza, dão-lhes força para se levantarem e darem as boas vindas a mais um dia.

Os melhores avós do mundo nem sempre aparecem com surpresas e brindes nos bolsos para fazerem a alegria dos netos, mas às vezes trazem um saco cheio de camisolas polares, pijamas ou pares de meias coloridas para manter as crianças bem agasalhadas quando chegar o tempo frio.

Os melhores avós do mundo nem sempre podem dedicar aos netos o tempo que gostariam, mas quando a sua presença é imprescindível, largam tudo, ligam as sirenes e acorrem a toda a velocidade aos netos, com mimo, cuidado e proteção (que só os avós têm um jeito especial de dar).

Os melhores avós do mundo nem sempre concordam com os seus filhos na educação dos netos e sentem-se livres para aconselhar, para indicar um outro caminho… Os melhores avós do mundo às vezes educam, às vezes deseducam, mas mais importante que tudo, aceitam o seu papel numa teia de laços apertados a que se chama família, dedicando sempre aos seus netos o que têm mais de precioso: todo o seu amor.

Fonte: uptokids.pt

Blue Eyes 

Comente com o Facebook:

Siga-nos por email

Insira o seu email:

Entregue por FeedBurner